"Minha mente está cheia e eu estou transbordando" [Ira!]
"Acho que mais me imagino do que sou, ou o que sou não cabe no que consigo ser." [Ferreira Gullar]
"Quem fala em flor não diz tudo. Quem fala em dor diz demais. O poeta se torna mudo sem as palavras reais." [Ferreira Gullar]


- Não importa se é sem sentido, não importa se é sem significado. O importante é que escrevo e assim alivio. Seja bem-vindo ao meu mundo e voe por meus versos! Dê os devidos créditos e assim terá um mundo inteiro de palavras onde viver. Esse é meu mundo e se quiser fazer parte dele é só me seguir...

23 de dezembro de 2009

Sorrindo...

Sinto a calma envolta de mim.
Oh sim, pois não há o que temer.... Sei que meu sorriso é sincero, e estou sorrindo agora. Meus olhos não estão mais molhados por lágrimas de dor, eles estão brilhantes e vividos de esperança.

Quem sabe agora não é o momento certo?
Quem sabe agora meu sonho não se concretiza?
Poderia ser bem verdade...

19 de dezembro de 2009

Meus sonhos, mortos.

Tem dias que sinto o dia mais frio que de costume.
Há dias em que tudo é tão mais cinza... tão, sem cor.
Nesses dias eu não falo muito, pois não há mais nada a ser dito
O que falei em segredo minutos antes de ver o Adeus e ter a saudade por amiga inseparável, hoje já não surte mais efeito algum... É como se aquelas palavras não ditas fossem uma droga com a qual meu organismo já se acostumara a digerir. Não provoca mais sensação alguma.

13 de dezembro de 2009

A Jovem do Claustro Soturno

Ela olha para o céu negro, sem estrelas
Mas em seus olhos há um brilho
Não de felicidade, mas sim, de uma lágrima
Que agora, atreve-se a rolar por seu rosto.

8 de dezembro de 2009

Quem sabe.

Gostaria de poder não sentir sua falta...
Mas seria hipocrisia de minha parte dizer que não sinto nada ao vê-lo.
Mesmo que tenha tentado algo com outro alguém, mesmo que tenha tentado esquecê-lo
Mesmo depois de tantas tentativas.. Todas em vão.
Porque em TODAS eu voltei ao mesmo ponto.

2 de dezembro de 2009